Número total de visualizações de página

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Cobertura de Ocupantes vs Seguro de Saúde

Já pensou que se se vir envolvido num acidente grave, que o leve a uma cama de um hospital, o capital contratado no seu seguro de Ocupantes (Despesas de Tratamento) poderá ser insuficiente ?



No seguimento do tema já abordado (Qual a importância do seguro de ocupantes?), desta vez irei comparar (de uma forma bastante sucinta) a diferença entre o seguro de Ocupantes e o seguro de Saúde, em relação a despesas de tratamento.

Como já referi anteriormente, todos os ocupantes de uma viatura, estão seguros (danos corporais) pela apólice de Responsabilidade Civil Obrigatória.  Excepto o condutor que, se tiver responsabilidade no acidente, estará excluído.
E, visto o SNS (Serviço Nacional de Saúde) não pagar qualquer despesa médica ao condutor causador de um acidente rodoviário,  a única maneira de se salvaguardar, será contratando a cobertura de Ocupantes (Protecção Ocupantes e Condutor).

No entanto existe uma outra forma de o condutor se precaver da eventualidade de se ver envolvido num acidente (da sua responsabilidade) e deste advirem ferimentos  - falo do seguro de Saúde.

Muitas das vezes esquecemo-nos que este, não cobre apenas a doença mas também o acidente.  E para além disso, não faz qualquer distinção se o mesmo (no caso de acidente rodoviário) foi da responsabilidade do sinistrado ou não.
Ter um seguro de saúde (mesmo que seja o "básico" - o qual terá como cobertura base a Hospitalização) é estar também salvaguardado de danos físicos decorrentes de um acidente de viação. E principalmente daqueles bem mais graves !
E porquê ?  Por causa dos capitais contratados !

Há que ter em atenção aos capitais habitualmente subscritos nos seguros de ocupantes, pois estes podem vir a ser "curtos" quando nos deparamos com internamentos hospitalares !
Para situações em que do acidente resultem apenas pequenas escoriações, os valores habitualmente subscritos, provavelmente serão suficientes. Mas o que dizer quando se trata de acidentes que levam para uma cama do hospital por vários dias ?  
Será que as várias despesas hospitalares,  não irão ultrapassar em larga escala esse capital de Despesas de Tratamento, do Seguro de Ocupantes?

Por isso, se é condutor, tenha em atenção ao seguro de Ocupantes que contratou ! Verifique se o capital que tem para Despesas de Tratamento (Condutor) é "suficiente" para um acidente mais grave, que possa vir a sofrer ! E lembre-se que se possuir um seguro de Saúde, estará também salvaguardado de um eventual acidente rodoviário (do qual seja responsável) e que do mesmo venha a sofrer danos corporais.

Nunca deixem de ler as condições gerais e particulares das apólices que possuem... mesmo que seja "aborrecido". 
























Sem comentários:

Enviar um comentário